UPRIMA - A nova opção

Nossa experiência com a apomorfina, que era muito esperada pelo tempo de ação rápido e menos com efeitos colaterais em relação ao sildenafil, tem mostrado efeitos bastante limitados, que requerem doses maiores (3mg a 9mg) que as recomendadas pelo fabricante (2mg a 6mg) e que se houver o uso habitual de apomorfina pelo homem, a dose pode ser diminuída com os mesmos benefícios. O sildenafil parece ser mais eficiente em termos de ereção e manutenção desta por mais tempo, com dose única de 50 mg ao dia. O comprimido de Uprima deve ser colocado sob a língua e aí dissolvido pelo menos 20 minutos antes do sexo. O Viagra deve ser deglutido (engolido) inteiro uma hora antes da atividade sexual.  Ambas as substâncias não aboliram a necessidade dos preâmbulos, isto é, carinho, delicadeza, excitação, "tesão",  para auxiliarem na obtenção da ereção e à manutenção desta. A única medicação que pula esta etapa ou seja, uma ereção quase instantânea, é a injeção intracavernosa peniana. Veja em Disfunção Erétil (DE) no site. A apomorfina ainda não foi liberada pelo FDA para uso nos Estados Unidos da América do Norte.