Assunto: Cistite

Porque a cistite é mais comum em mulher?

Pelas características do aparelho genitourinário feminino, com uma uretra mais curta (por onde os germes podem penetrar facilmente), que desemboca em local abafado e potencialmente contaminado (vulva e vagina), perto do ânus, resumindo, completamente diferente do homem. Aqui ainda posso acrescentar o hábito feminino de beber pouco líquido e segurar urina por longos períodos, para não ir a banheiros públicos.

 

Quais são os principais sintomas da cistite ?
 

Ardência ao urinar, desejo súbito de urinar, desejo de urinar freqüente (mesmo à noite), sensação de bexiga cheia após urinar, sangue na urina, dor abdominal baixa, urina escura e com cheiro ruim. Além destes, pode estar presente a febre e perda involuntária da urina.

 

Dilatação uretral pode ser útil no tratamento de cistite simples ?

Dilatação uretral é um procedimento que alarga a uretra. É utilizado no tratamento em diferentes condições na qual a uretra pode tornar-se severamente apertada. Não é um tratamento eficaz em cistite simples e na sua prevenção. 

 

O estrogênio pode auxiliar na prevenção de cistite simples ?

Mulheres na menopausa apresentam uma quantidade menor de estrogênio. Como resultado, estas mulheres tem menor quantidade de sangue para fornecer à parede interior da uretra (diferente do que ocorre com mulheres que ainda menstruam). O estrogênio tem a função de aumentar a quantidade de sangue nesta área, ajudando a fortalecer a uretra com defesas naturais contra bactérias.

 

O café, bebidas com gás ou bebidas alcoólicas causam cistite simples ?

Ainda que estas bebidas possam resultar em uma vontade freqüente e urgente de urinar, a elas não podem ser atribuídas como sendo causadoras de cistite simples.

 

Por que continuo tendo cistite simples ?

Pesquisas estão sendo desenvolvidas para verificar o motivo de algumas mulheres terem propensão a desenvolver periodicamente os sintomas de cistite simples. Atualmente, de qualquer maneira, as razões para que isto aconteça continuam desconhecidas. Se você desenvolve os sintomas periodicamente, é possível que você vá precisar de exames adicionais e de nova avaliação médica.

 

Devo tomar remédio (antibiótico) antes de procurar meu médico ?

Não, pois a coleta de exame do exame de urina parcial mais cultura e antibiograma é essencial para um diagnóstico e tratamento adequados. Existem medicações sedativas que não alteram tais exames e aliviam a dor. Procure seu urologista.

 

Toda cistite é infecciosa ?

 Não. Existem cistites inflamatórias que agridem ainda mais a mulher sem nenhum germe envolvido, como a cistite intersticial.

 

Como posso tentar prevenir a cistite ?

Aqui vão algumas dicas:

 

O que é cistite de repetição ?

É a cistite que ocorre mais que uma vez ao ano.

 

A cistite pode ser sintoma de outra doença ?

Sim. Em ambos os sexos por exemplo, cistite inflamatória, cálculo urinário, tumor de bexiga, uretrites e no homem prostatite ou prostatismo.

 

Como posso "pegar" (contaminar-se) uma cistite ?

Existem fatores predisponentes, como a relação sexual, algumas doenças que tornam a pessoa mais suscetível as ITU (infecções do trato urinário) como o Diabetes, exames médicos onde são introduzidos aparelhos (sondas, dilatadores, endoscópios) na uretra, bexiga ou ureteres.

 

O que é cistite intersticial?

Cistite intersticial (CI) é uma doença inflamatória vesical caracterizada pela frequência miccional elevada, urgência miccional e dor pélvica. Indivíduos com CI muitas vezes pensam que sua doença é de caráter psicológico e que as atribulações e estresses do dia-dia agravam a enfermidade. O diagnóstico pode demorar, pois tais sintomas se confundem, ainda mais no homem, com
outros sintomas comuns ao aparelho urinário baixo, na sigla americana genérica LUTS (Lower Urinary Tract Symptons). Ainda, muitas mulheres são tratadas como simples cistites e tomam inúmeras (e inúteis) doses de antibióticos e anticolinérgicos. Muitos homens sofrem desnecessárias operações de próstata e uretra por causa da CI.

As causas ainda não estão claras, mas apontam para substâncias " tóxicas " ácidas para a bexiga, contida nos alimentos e bebidas, que podem despertar nosso sistema imunológico contra a nossa própria bexiga. Outras teorias incluem o trauma cirúrgico, como por exemplo o descolamento uterino da bexiga nas histerectomias, pontos acidentais na bexiga, aderências peritoneais, radioetrapia, alergias, etc., ou seja, processos que vão gradualmente diminuindo a camada protetora da mucosa vesical (glicosaminaglicanas, uma espécie de verniz que cobre todo o interior da bexiga, protegendo a delicada mucosa vesical), deixando espaços descobertos, que se tornam suscetíveis aos agentes irritantes contidos em nossa alimentação normal.

Assim, uma das maneiras não medicamentosas de tratar a CI é a supressão da alguns alimentos, como os abaixo:

Alcachofra; Aspirina (tamponada ou não); Apricot; Anchovas; Aspartame; Banana; Bebidas Gaseificadas (todas, incluindo a água com gás); Bebidas Alcoólicas; Bebidas Cafeinadas; Café (mesmo com leite); Carnes defumadas; Caviar; Cebola (mesmo cozida); Chá (mate, verde, preto); Chocolate (chocolate branco pode); Fígado; Frutas, alimentos e sucos ácidos - todos proibidos - uva, maçã, limão, laranja, lima, lima-limão; pêra, carambola, acerola, morango, tomate, pêssego, nectarina, abacaxi, caju, goiaba, groselha, tangerina, fruta-do-conde ou fava; mexerica, etc.; Vinagre e Vinagre Balsãmico; Molhos industrializados para salada (Salad Dressings); Molhos de Soja; Tofu; iogurte; Adoçantes artificiais; Nozes; Maionese; Caldos industrializados (como aqueles vendidos em tabletes) que contenham glutamato monossódico; Ajinomoto; Gatorade e outros isotônicos; alimentos em conserva - todos; Ibuprofeno (antiinflamatório); Vinho branco e chardonay; Champagne; Mel; Molhos de macarrão que levem tomate ou outros conservantes; Couve-Manteiga; Brócolis; Salsa; Rabanete; Nabo branco; Passas; Ameixas; Sal de Fruta ENO e similares, Pimentas de qualquer tipo e nacionalidade; Pimentão de qualquer cor; etc.

Para se fazer uso dos alimentos acima é preciso neutralizar o pH ácido resultante, com alguma substância, no Brasil dispomos apenas do bicarbonato de sódio, mas esperamos novidades em breve.